Filed Under:  Moda

Marca de produtos esportivos usa modelo plus size em campanha e é criticada

1st dezembro 2017   ·   0 Comments

Empresa, porém, saiu em defesa da linha plus size e da modelo da campanha

Uma loja de produtos esportivos americana lançou uma linha inteira de peças para mulheres plus size em novembro. Sendo assim, chamou uma modelo fora dos padrões para a campanha, a jovem Anna O’Brien, de 25 anos. O problema é que, quando anunciou a mulher escolhida para representar a marca, a empresa se tornou alvo de críticas.

Críticos da marca atacaram modelo que participou da campanha%2C dizendo que ela não era capaz de fazer uma atividade física

Críticos da marca atacaram modelo que participou da campanha, dizendo que ela não era capaz de fazer uma atividade física

Foto: Instagram/academy/Reprodução

“Isso é nojento. Vocês estão fazendo ser gordo parecer algo bom. As pessoas deveriam se envergonhar de serem gordas, não sentir orgulho”, escreveu um usuário. “Pessoas gordas se exercitam?”, questionou outro internauta. Felizmente, a marca não se silenciou e defendeu tanto sua linha de roupas plus size quanto a modelo escolhida.

“Nós realmente acreditamos que todas as mulheres merecem ter as mesmas oportunidades para aproveitar os esportes e a vida ao ar livre. Como resultado disso, vamos continuar a representar os diferentes tipos de corpos. Nós todos somos diferentes, mas o acesso a uma vida ativa não deveria ser”, afirmou a Academy Sports + Outdoors.

Outra usuária ainda duvidou das conquistas da modelo em relação ao esporte ao dizer, entre outras coisas, que ela já deveria estar mais magra se pratica exercícios. “Ela diz que consegue correr quase 5km. Nem eu consigo fazer isso. Eu nunca disse nada ruim sobre mulheres plus size. Acredito que mulheres que usam 46 são lindas. Entretanto, não é o caso aqui. Existe uma grande diferença entre ser plus size e ser extremamente obesa e pesada o bastante para ameaçar sua longevidade.”

Anna O’Brien%2C de 25 anos%2C é a modelo da campanha que lançou a linha plus size da marca de produtos esportivos americana

Anna O’Brien, de 25 anos, é a modelo da campanha que lançou a linha plus size da marca de produtos esportivos americana

Foto: Instagram/academy/Reprodução

Nesta hora, as pessoas que celebravam a atitude da empresa em incluir uma numeração maior em suas roupas passaram a responder as ofensas. “Este é o perfeito exemplo do porquê pessoas plus size, incluindo a mim mesma, têm tanta dificuldade em colocar o pé em uma academia. Sou uma das pessoas com problemas de saúde por conta do peso e estou tentando resolver isso com dieta e exercícios. Entretanto, de acordo com você, eu não mereço roupas de academia para treinar. Decida-se, moça”, escreveu uma usuária.

“Você não tem direito de julgar ninguém pelo tamanho. Você não tem direito de julgar ninguém pela velocidade dos resultados. É minha jornada, a jornada da modelo, cada um tem um padrão”, explicou outra.

Celebração e alertas

“Eu passei 25 anos esperando para ser ativa. Agora, vou passar os próximos 25 anos ajudando pessoas de todos os tamanhos a verem os benefícios de se movimentar” afirma Anna em uma das fotos da campanha.

A participação da modelo, apesar de ter recebido críticas, recebeu muito mais parabenizações. “Graças a Deus, alguém finalmente escutou. Eu sempre pensei ‘por que as companhias não fazem roupas esportivas para pessoas plus size? Muitos de nós quer usar seus produtos, mas não têm opções”, escreveu uma usuária, mas ela também fez um novo alerta: “Outra coisa que pra mim não faz sentido é que algumas companhias fazem aparelhos de exercício com limite de peso. Nós, plus size, também queremos nos exercitar!”

Outra lembrou do dia em que foi a uma loja da marca para comprar uma roupa de ginástica, mas sofreu com risadas dos vendedores. “Eu nunca mais voltei. Espero que eles tenham realmente mudado e ensinado aos empregados que pessoas de todos os tamanhos podem se exercitar”, completou a ex-cliente.

Readers Comments (0)





Procurar

Follow Us!