Filed Under:  Famosos

George Clooney é acusado de acobertar caso de assédio sexual

16th outubro 2017   ·   0 Comments

Denúncia veio logo após ator se pronunciar sobre situação em Hollywood

As denúncias contra o produtor de cinema Harvey Weinstein estão reverberando até agora em Hollywood. Primeiro, após se pronunciar criticando atitude de Weinstein, Ben Affleck foi acusado de assédio sexual por algumas colegas de trabalho.

Mais tarde, foi a vez do cineasta Oliver Stone e agora o ator George Clooney também caiu na mira das acusações por, segundo atriz, ter acobertado certas ocorrências nos bastidores de uma série estadunidense.

George Clooney foi acusado de acobertar caso de assédio sexual

George Clooney foi acusado de acobertar caso de assédio sexual

Foto: Reprodução

Depois de George Clooney se pronunciar sobre a situação de Winstein, a atriz Vanessa Marquez utilizou a sua conta no Twitter para declarar que o ator teria acobertado casos de assédio que sofreu nos bastidores da série “ER”, também conhecida como “Plantão Médico”, exibida entre 1994 e 2009. “Baboseira. Clooney ajudou a me colocar em uma lista de barrados quando falei sobre os casos de assédio em ‘ER’”, escreveu a atriz, contando ainda que o ator teria dito para ela que “’mulheres que não jogam o jogo perdem a carreira”, completou, afirmando que teria perdido a sua carreira.

Vanessa Marquez fez a personagem da enfermeira em Wendy Goldman entre 1994 e 1997. Ao saber das acusações, George Clooney logo se pronunciou sobre o assunto ao New York Post, “Nunca soube que ela estava em uma lista de barrados. Eu não era escritor, produtor ou diretor da série. Não tinha nada a ver com a seleção do elenco. Eu era apenas um ator. Se disseram a ela que eu estive envolvido em qualquer decisão sobre sua carreira mentiram”, disse.

Mais revelações

A explicação de George Clooney não foi suficiente para que Marquez deixasse o assunto de lado. A atriz reafirmou as acusações e ainda soltou outros nomes de astros que, nos bastidores, teriam comportamentos bastante problemáticos. “Aqui estão os nomes dos assediadores: Eric LaSalle e Terence Nightingall. Racistas: Anthony [Edwards], Noah [Wyle], Julianna [Marguiles] e Call”, escreveu.

Readers Comments (0)