Filed Under:  Esportes

Chelsea vence, rebaixa Middlesbrough e fica a um triunfo do título inglês

8th maio 2017   ·   0 Comments

Vitória por 3 a 0 deixa clube londrino dependendo apenas de si mesmo

O Chelsea passeou em Stamford Bridge nesta segunda-feira, no encerramento da 35.ª rodada, e ficou muito próximo de mais um título do Campeonato Inglês. Com facilidade, a equipe de Antonio Conte atropelou o Middlesbrough por 3 a 0, selou o rebaixamento do rival e ficou a apenas mais um triunfo de confirmar a conquista da competição nacional.

Com a derrota do Tottenham na sexta-feira, para o West Ham, o Chelsea abriu sete pontos de vantagem – 84 a 77 – na liderança da tabela, a três rodadas para o fim. Se vencer o West Bromwich na sexta-feira, fora de casa, na abertura da 36.ª rodada, o time londrino não terá mais como ser ultrapassado e, por isso, garantirá o troféu.


Já o Middlesbrough selou o rebaixamento com uma campanha digna de esquecimento. Com apenas uma vitória nos últimos 18 jogos do Campeonato Inglês, a equipe se afundou na penúltima colocação e teve a queda confirmada nesta segunda ao permanecer com 28 pontos, à frente somente do Sunderland (24) e a sete pontos do Swansea, primeiro time fora da zona da degola.

A diferença entre as equipes ficou evidente desde o primeiro minuto da partida desta segunda. Pouco após o apito inicial, o Chelsea quase saiu na frente com Marcos Alonso, que recebeu ótimo passe pela esquerda e bateu cruzado. Guzan desviou e a bola ainda tocou na trave.

O Chelsea se aproveitava dos cochilos da marcação do Middlesbrough pelo lado direito, principalmente do brasileiro Fábio, ex-Manchester United, para criar. Aos 16, Fábregas recebeu na meia-lua e bateu firme, com perigo. Três minutos depois, Hazard foi à linha de fundo pelo lado esquerdo e cruzou. A bola passou pelo goleiro e por Diego Costa, que ficou reclamando de pênalti.

O caminho para o primeiro gol do Chelsea estava definido, e seria justamente pelo lado esquerdo do ataque. Aos 22, Fábregas deu lançamento perfeito para Diego Costa, que se aproveitou de novo erro de Fábio na marcação para dominar e tocar entre as pernas de Guzan.

A defesa do Middlesbrough não encontrava os jogadores do Chelsea, que continuavam chegando como queriam. Aos 33, Azpilicueta deu novo lançamento para a área, com muita força, mas o lateral-esquerdo Alonso conseguiu bater cruzado. Desta vez, Guzan falhou e colocou a bola para dentro.

Com a vantagem, o Chelsea diminuiu um pouco o ritmo, mas seguiu levando perigo quando quis. Aos 36, Moses perdeu de frente para Guzan. Logo com um minuto do segundo tempo, Hazard arrancou pela esquerda e tocou para Pedro, que pegou firme da meia-lua. A bola tocou no travessão e saiu.

O Chelsea retornou para o segundo tempo querendo matar a partida e voltou a se lançar à frente. Aos seis minutos, uma linda troca de passes do ataque ficou a centímetros da chuteira de Diego Costa após chute cruzado de Alonso. Já aos nove, Fábregas arriscou de fora da área, Chambers tirou de cabeça e a bola passou rente à trave.

De tanto insistir, o time da casa marcou o terceiro aos 19. Hazard invadiu a área como quis e acionou David Luiz, que encontrou Fábregas. O espanhol tocou para o meio, onde estava Matic, que dominou no peito e finalizou cruzado. Moses, aos 33, ainda exigiu grande defesa de Guzan, mas o triunfo merecido e contundente já estava definido.

Readers Comments (0)