Filed Under:  Esportes

Pai de Neymar diz que o Santos ‘teve diarreia mental’ ao acionar a Fifa

19th outubro 2015   ·   0 Comments

Clube santista alega irregularidades na transação do atacante para o Barça, recorre à entidade reguladora com ação que poderia resultar em suspensão por até seis meses ao ídolo

Santos – O bate-boca entre diretores Santos e Neymar da Silva Santos chegou a um patamar desagradável nesta segunda-feira quando o pai do craque do Barcelona afirmou em entrevista ao jornal “Sport” que os dirigentes do clube paulista talvez tenham tido “uma diarreia mental” ao acionar a Fifa contra o jogador.

A Federação Internacional de Futebol vai analisar a reclamação santista sobre as supostas irregularidades na transferência de Neymar para Barça em maio de 2013. A queixa é de que o atacante e seus representantes – o pai entre eles – iniciaram negociações com os catalães sem o seu consentimento em 2011. Isso infringiria uma regra que impede que uma tratativa seja feita sem anuência do clube com o qual o atleta em questão tem contrato.

Neymar

Neymar “pai” foi jogador de futebol carreira que seu filho seguiu

Foto: Reprodução Internet

O Neymar pai afirma que a diretoria atual dos Santos age “sem inteligência, como se tivessem uma diarreia mental”. “Faz dois anos que o jogador está em Barcelona, e eles vêm colocar em juízo uma transação que a Fifa realizou. De quem eram os direitos federativos? Do Santos. De quem são agora? Do Barcelona. Pronto. É simples assim”, afirmou o empresário ao jornal espanhol.

“Estão tentando nos desestabilizar de qualquer maneira. Tudo o que o atual presidente do Santos ou o anterior dizem não tem nada a ver com o que indicam os documentos. Outorgaram uma carta a Neymar Jr. dando-lhe a liberdade para planejar seu futuro, e agora não a reconhecem. Emitem uma nota de denúncia contra meu filho, pedem uma punição severa e depois fazem um comunicado dizendo que não é bem assim. Não cumprem o que colocam no papel”, completou.

Se a Fifa votar a favor do Santos, poderia punir tanto contra o Barcelona como contra Neymar. O clube já cumpre punição por contratar jogadores para sua base de forma ilegal, ficando impedido de realizar novas negociações até dezembro deste ano. Já o atacante poderia ser suspenso dos gramados por até seis meses. Em nota, o Santos disse que não está tentando causar problemas para o ídolo de sua torcida. “Queremos apenas proteger nossos direitos e obter uma reparação de danos”, disse o clube

Readers Comments (0)