Filed Under:  Notícias

Microsoft cria lentes melhores para o Oculus Rift

2nd julho 2015   ·   0 Comments

Se há uma constante louvável nesse último ciclo de inovação em realidade virtual, ela é a cooperação entre empresas. A última novidade que surgiu desse trabalho conjunto foi uma lente superior para o Oculus Rift desenvolvida pela Microsoft Research. Acesse o link e baixe as instruções de montagem.

lente MS

Quem já usou qualquer versão de desenvolvimento do Rift sabe que as lentes não são seu ponto forte. Embora elas tenham melhorado ao longo do desenvolvimento do headset,  aberração cromática, coma e distorção geométrica continuam sendo problemas notáveis. Tais defeitos se tornam particularmente perceptíveis nas zonas periféricas da lente.

comparacao ms

No arquivo descritivo do link acima, a Microsoft Research alega ter amenizado esses problemas em troca de um ângulo de visão um pouco menor. Como se pode notar na comparação acima, o contraste e a resolução também parecem ter aumentado tanto no centro quanto na periferia.

O projeto usa dois elementos ópticos produzidos pela Edmund Optics, um com 20 mm de diâmetro e outro com 30 mm. Naturalmente, é possível comprar uma lente equivalente de outro fornecedor, mas a Microsoft avisa que esses elementos precisam receber um tratamento antireflexivo. Aparentemente, os engenheiros esbarraram em um velho problema do design de lentes:  se o elemento traseiro é posicionado muito próximo da mídia (seja ela filme, sensor ou o olho) reflexos começam a se tornar um problema. O tratamento é caro e isso talvez explique porque a Oculus não quer usar lentes similares no Rift.

Além das especificações da lente, o arquivo inclui um CAD para imprimir o recipiente da lente em uma impressora 3D. No entanto, vale notar que a Microsoft só testou o design em uma impressora 3D de alto nível. Como a montagem de objetivas exige muita precisão, é provável que impressoras domésticas não sejam capazes de reproduzir os resultados da Microsoft.

Por fim, a lente usa elementos da Unity para corrigir a distorção geométrica. Isso quer dizer que, pelo menos a princípio, apenas apps baseados nessa engine serão beneficiados. De qualquer maneira, é provável que algum desenvolvedor estenda a compatibilidade para outras engines no futuro.

Readers Comments (0)